Acervo Histórico do Livro Escolar - AHLE

O ACERVO HISTÓRICO DO LIVRO ESCOLAR é formado pelo conjunto de livros escolares das antigas bibliotecas públicas infantis da cidade de São Paulo.

Com 5 mil volumes, o Acervo é composto por cartilhas, manuais escolares de todas as matérias de ensino, antologias literárias e livros de referência de uso escolar, entre outros, do século XIX até a década de 1980 e abrange os cursos primários, os secundários, os de formação de professor e o ensino técnico.
O Acervo está localizado na Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato, equipamento da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

Neste blog serão publicadas informações sobre esse acervo.


Seja bem-vindo.







sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Série graduada "Brasília"

Capa do 4º livro de leitura para o 4º ano primário, 8ª ed. 1965.




As coleções ou séries graduadas, geralmente com cinco livros, foram publicadas até a década de 1970. Essas coleções continham uma cartilha e quatro livros de leitura referentes as quatro séries do curso primário, curso extinto com as mudanças na organização da Educação durante a ditadura militar.[1]
Destaco a coleção “Brasília” de Daisy Bréscia, editada em 1960 pela Livraria Francisco Alves, com inúmeras edições posteriores. O nome “Brasília” refere-se a recém inaugurada nova capital do Brasil em abril de 1960. Máximo de Moura Santos, prefaciador do livro indica que a autora homenageia, assim, “o maior acontecimento realizado no país, desde a proclamação da independência”, comentário que testemunha o entusiasmo que Brasília causou. A capa do 4º livro é de Milton Bréscia e as ilustrações de Italo Cencini.

Segundo Bréscia, a cartilha parte da palavra para decompô-la em sílabas, concepção do método analítico de alfabetização. No entanto indica como analítico-sintético o utilizado em sua cartilha, prática comum na multiplicidade de métodos aplicados no processo de aquisição da leitura e da escrita.
O ACERVO HISTÓRICO DO LIVRO ESCOLAR mantém várias coleções graduadas e inúmeras cartilhas, algumas já apresentadas neste Blog.
Esses livros são procurados principalmente por pesquisadores que estudam a história do ensino da escrita e da leitura na fase inicial de escolarização, entre outros estudos, mas também por um público que busca sua história escolar.
Sem dúvida uma das vocações deste Acervo é provocar lembranças. Nesse sentido cumpre a tarefa de resguardar muitas vezes fragmentos da história pessoal de várias gerações.
[2]


[1] Lei n. 5692 de 1971 que fixou as diretrizes para o ensino de 1º e 2º graus, extinguindo a antiga organização escolar em cursos primário, secundário e médio.

[2] 1ª lição do livro n. 4.

Nenhum comentário:

Postar um comentário