Acervo Histórico do Livro Escolar - AHLE

O ACERVO HISTÓRICO DO LIVRO ESCOLAR é formado pelo conjunto de livros escolares das antigas bibliotecas públicas infantis da cidade de São Paulo.

Com 5 mil volumes, o Acervo é composto por cartilhas, manuais escolares de todas as matérias de ensino, antologias literárias e livros de referência de uso escolar, entre outros, do século XIX até a década de 1980 e abrange os cursos primários, os secundários, os de formação de professor e o ensino técnico.
O Acervo está localizado na Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato, equipamento da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

Neste blog serão publicadas informações sobre esse acervo.


Seja bem-vindo.







quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

A origem das palavras e saudade do latim

(1)
Presidente ou presidenta? Questão recente em nosso país com a eleição de Dilma Roussef. Polêmica que alcançou o Senado Federal, intervenções em jornais e inúmeras consultas a especialistas da nossa lingua.
A maioria agora sabe que tanto faz, não quem ocupa o cargo, é claro, mas a forma masculina ou feminina para referenciarmos a quem atualmente preside nosso país.
Por curiosidade busquei a palavra no "Houaiss", jeito carinhoso de dirigir-nos ao dicionário de tão consagrado linguista. Assim eu soube que a palavra é de origem latina: paesindes, êntis; particípio presente de praesidère.


Pois bem, o latim foi lingua extinta dos currículos escolares, assim como o francês, com a Lei n. 5692, de 1971, que reformulou toda a estrutura do ensino no Brasil.
Atualmente a lingua inglesa e a lingua espanhola fazem parte da grade escolar.

(2)

O ACERVO HISTÓRICO DO LIVRO ESCOLAR - AHLE resguarda vários livros de latim, de francês e de inglês desde as primeiras décadas do século 20, dos antigos cursos ginasiais (atualmente 5ª a 8ª série do ensino fundamental) e também dos cursos clássico e científico (antiga divisão do que é hoje o curso médio ou recentemente o 2º grau).
Sem dúvida essas mudanças de nomenclatura, constantes no nosso sistema de ensino, mais atrapalham do que ajudam na recuperação da memória escolar.
(3)
Mesmo assim alguns se lembram do professor de latim e suas declinações. Ou então da palavra "madame" forma respeitosa de dirigir-se as professoras de francês. E as letras de música que traduzia-se do inglês, na já invasora cultura americana que tanto seduzia? Além do cinema, é claro!

Afora os manuais escolares com as matérias de ensino, gramáticas e dicionários compõem mais de uma centena de livros escolares de lingua estrangeira do AHLE.



Notas:

(1) VALENTE, Pe. Milton, S. J. Gramática Latina para as quatro séries do Ginásio, Porto Alegre, Liv. Selbach, 1952.
(2) COSTA, Aída. Segundo Livro de Latim, 2ª série, curso ginasial. S. Paulo, Ed. do Brasil, 1953, Ilustração de contracapa.
(3)RAINHA, Augusto R. e GONÇALVES, José A. Cours de Français: première année. S. Paulo, Ed. do Brasil, 1963.

Um comentário:

  1. Por acaso seria possível enviar-me a lição "A familia Dupont" do livro Cours de Français do Augusto Rainha e Gonçalves? se for mande em germenco@hotmail.com, desde já obrigado.

    ResponderExcluir